Cones Vaginais, para que servem?

Os cones vaginais são pequenas cápsulas com peso e tem formato anatômico. Quando inseridos no canal vaginal, eles estimulam a mulher a contrair a musculatura do assoalho pélvico.
Com eles a mulher pode realizar um treinamento com aumento de carga progressivo, como costuma fazer na musculação de academia, com os outros músculos do corpo. Os pesos dos cones variam entre 20g e 100g. A indicação do peso depende do objetivo do tratamento. Para isso, é fundamental avaliar a força da MAP (Musculatura do Assoalho Pélvico) e as condições ginecológicas e gerais de saúde da mulher. Essa avaliação deve ser feita por um fisioterapeuta especilizado na área.

Após a avaliação o fisioterapeuta poderá avaliar a carga certa que a paciente deverá utilizar.
Exercício leve demais não fortalece, e pesado demais lesiona. Com os cones não é diferente: cada mulher deve usar um peso específico para o seu caso em particular. Por exemplo: um cone de 35 gramas pode ser leve para uma mulher e pesado demais para outra.
Quando utilizados de maneira correta, os cones possibilitam um fortalecimento crescente da MAP, além de melhorarem a sensibilidade vaginal e percepção da contração e relaxamento dessa musculatura. É importante que essa musculatura seja fortalecida para melhorar a sustentação dos órgãos pélvicos e a preparação dela para o parto.
Além disso, o fortalecimento desse grupo musculatura pode trazer melhoria no desempenho sexual da mulher. Aumentar a força de contração significa melhorar o poder de contrair a vagina ao redor do pênis e isso melhora a sensibilidade da mulher e do parceiro no momento do ato sexual.

Na avaliação física da fisioetrapia pélvica a paciente já consegue ter uma conscientização da maneira correta de contrair e relaxar essa musculatura. O ideal é que ela aprenda para que associe essa contração as atividades do dia a dia.

Leave a Reply

Your email address will not be published.