Massagem Perineal e Epi-No

No mês passado fizemos três posts sobre períneo. Falamos da função dele, mostramos a localização já que ele fica bem escondidinho e publicamos alguns vídeos com exercícios que são feitos para fortalecer essa musculatura.

Vamos continuar falando dele, mais especificamente da massagem perineal e do Epi-No. Duas técnicas que ajudam bastante a preparar essa musculatura para as mulheres que optam pelo parto vaginal.

O períneo é muito exigido durante a gravidez, por conta do sobrepeso decorrente do crescimento uterino essa musculatura pode ficar tensa.

Além disso, quando a mulher opta pelo parto vaginal, precisamos levar em consideração que vai passar um bebê pelo canal da vagina, por isso é importante investir em exercícios que facilitem essa passagem e evitem lacerações perineal ou a episiotomia.

Podemos comparar essa sobrecarga e essa tensão muscular com uma mochila nas costas durante um dia de muita caminhada e compras em uma viagem.

Ao longo do dia, além do que já carregamos de costume na mochila vamos adicionando as comprinhas e a mochila vai ficando cada vez mais pesada.
Ao final do dia, ao tirar a mochila das costas, sentimos aquela tensão nos ombros decorrente do peso.

Para diminuir e aliviar a tensão das costas uma massagem ajuda certo?
O mesmo acontece com o assoalho pélvico, aí que entra a técnica da massagem perineal.

A massagem perineal é feita através de um toque, utilizando-se os dedos (polegar ou o indicador e o dedo médio) e algum óleo natural (de coco ou de amêndoas). O movimento é feitos deslizando o(s) dedo(s) de um lado para o outro com o intuito de soltar os pontos de tensão.

Quando é encontrado um pontinho mais tenso, ele deve ser pressionado e massageado até que solte.

No parto vaginal precisamos de um músculo forte e flexível e não tenso por isso a massagem perineal é super indicada para preparar a musculatura.

Pode ser feita em casa, pela própria paciente ou pelo parceiro, mas o ideal é que seja feito com uma orientação de um fisioterapeuta.

Outra técnica que ajuda bastante a melhorar a flexibilidade do períneo é o Epi-No.
O Epi-No é um equipamento, formado por um balão de silicone, que foi desenvolvido para trabalhar o alongamento vaginal.

Ele é introduzido no canal vaginal e insuflado gradativamente, de acordo com tolerância de cada mulher, para simular a dilatação vaginal. Com o balão ainda insuflado é feito o treino da força expulsiva, simulando o controle muscular necessário durante o nascimento do bebê.

Esse alongamento possibilita prevenir uma laceração. Lembrando que as duas técnicas servem para prevenir lacerações ou episiotomia mas não necessariamente vão evitar que aconteçam pois o parto depende de diversos fatores.

Alguns profissionais indicam o Epi-No seja utilizado em casa, que a paciente faça sozinha. Aqui na Clínica Fisio&Pelve nós preferimos fazer junto com a paciente para orientar a maneira correta de contrair, relaxar, principalmente de como alongar a musculatura e assim de fato alcançar o objetivo esperado.

Leave a Reply

Your email address will not be published.