Você sabe o que é o assolho pélvico?

Você sabe o que é o assoalho pélvico?Vamos começar pela anatomia? O assolho pélvico é o músculo responsável pela sustentação dos órgãos pélvicos – Útero, Bexiga e Intestino – todos esses órgãos ficam repousados sobre essa musculatura. Na parte externa observamos uma musculatura superficial e na parte interior a musculatura mais profunda.

Como é uma musculatura que não vemos todos os dias como braços, pernas, glúteos e outros, as pessoas não tem a percepção correta e muitas vezes não dão a devida atenção a esse músculo. Usamos ele o tempo todo e por isso precisamos cuidar bem dele.

Agora vamos a uma explicação bem ilustrativa… Imagine uma rede de balanço daquelas que temos em casa fixada de um lado e do outro e uma pessoa deitada. Essa é exatamente a idéia do assoalho pélvico. Uma rede fixada lateralmente nos ossos pélvicos e o tecido muscular responsável pelo suporte. Quanto mais peso temos, maior o desgaste muscular.

Alguns fatores que podem sobrecarregar essa musculatura são aumento de peso corporal, gestação, atividades de alto impacto, e o envelhecimento – com o avanço da idade, o tônus muscular vai se alterando e a região, assim como outros músculos do corpo, tende a perder vigor.

Se esse músculo estiver enfraquecido podem surgir algumas disfunções como por exemplo incontinência urinária, bexiga hiperativa. Em estágios mais avançados, o desgaste muscular leva até a queda ou o descolamento de órgãos da região, o chamado prolapso pélvico ou bexiga baixa.

A queixa mais comum do sinal da falta de força nessa musculatura é a incontinência urinária, aquela perda de urina que acontece com uma tosse, espirro, durante alguma atividade física ou a vontade forte e constante de urinar.

E qual seria o tratamento ou a prevenção para essas disfunções? O fortalecimento do assoalho pélvico. O ideal seria que esse treinamento fosse feito de forma preventiva, porém normalmente o treino é realizado somente quando o problema já está instalado, e aí o tratamento se torna mais longo e mais demorado.

E como funciona esse treinamento?  Antes de mais nada, é necessário exercitar a consciência corporal, para ter uma noção mais precisa da localização e da forma correta de contrair e relaxar essa musculatura. Nessa hora entra em cena a especialidade capaz de orientar o paciente e cuidar da saúde do assoalho pélvico: a Fisioterapia Pélvica.

Se você já teve perda de urina, procure uma fisioterapeuta para uma avaliação específica e a orientação do treinamento adequado. Parece simples, mas se você não fizer o treinamento de maneira correta pode fadigar a musculatura e piorar o quadro. Não deixe de cuidar dessa musculatura.

Não é porque ela não está visível aos olhos que devemos ignorá-la.

Quando aprendemos a treinar, podemos realizar em qualquer momento e em qualquer lugar. Quer ver um exemplo? Dava pra treinar enquanto você estava lendo esse post. Viu como pode ser simples ter um assoalho pélvico forte? Você não precisa parar o que está fazendo para treinar.

A idéia é associar o treino as suas atividades diárias.

E ai, ta esperando o que pra fazer uma avaliação e aprender de maneira preventiva a cuidar do seu assoalho pélvico?

 

Leave a Reply

Your email address will not be published.